Poesia de José Alpedrinha – Dia Mundial da Poesia da Árvore e da Floresta


POESIA : TEIAS DE SILÊNCIO

De facto não é preciso ser nenhum dia em especial para se ler e ouvir boa poesia, sobretudo quando lemos algo que nos toca por dentro e nos faz reflectir sobre nós mesmos e os outros.

Aqui deixo um dos muitos poemas, de um grande amigo que partilha comigo a paixão pela fotografia e que sente o mundo vibrar e faz dele a sua poesia.

Este poema é sobre as “árvores” que são uma parte integrante da floresta e sem elas a vida ficaria mais complicada, e por isso também elas se perdem nas “teias do tempo” . São elas  o nosso segundo pulmão e sem elas os pássaros não fazem os ninhos para que o ciclo da vida não se interrompa…

 José  Alpedrinha do Livro  “Teias de Silêncio

CapaLivro Zé

poema_Árvores

Foto_Árvores_Zé_01

Foto de José Alpedrinha

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s